Gênero e o movimiento dos trabalhadores rurais sem terra.

Citation:

Fitz Patriarcha, Taynara and Marcia Pastor. 2011. "Gênero e o movimiento dos trabalhadores rurais sem terra." Paper presented at Anais do II Simpósio Gênero e Políticas Públicas, Universidades Estadual de Londrina, August 18-19.

Authors: Taynara Fitz Patriarcha, Marcia Pastor

Abstract:

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, inegavelmente é um dos maiores e mais organizados movimentos sociais do Brasil, sendo alvo de diversos ataques da mídia e daqueles contrários às suas ideologias. Inseridos em sua organização estão algumas propostas que vão além de seu principal objetivo – a reforma agrária – e uma delas reflete diretamente o foco deste trabalho – a preocupação com a igualdade entre gênero – visto que historicamente a mulher é oprimida pelo homem, sendo esta relação de dominação/exploração permeada pelo modo de produção capitalista e o modelo patriarcal de gênero. O tema foi escolhido pela preocupação que o Movimento tem em relação à questão de gênero dentro de sua organização, na busca por tornar o MST um movimento também sem discriminação entre sexos. Sendo assim, pretende-se compreender como o modelo patriarcal de gênero influencia as relações entre sexos dentro de um específico assentamento do MST, considerando a postura contrária do Movimento frente a esses padrões impostos. Almeja-se com o presente trabalho constatar o que é particular ao trabalho das mulheres do assentamento do município de Tamarana- Pr. É nessa perspectiva que queremos compreender como se dá a participação das mulheres no desenvolvimento das atividades do MST no respectivo assentamento, entendendo como funciona a divisão dos trabalhos dentro do movimento, examinando quais as propostas que o Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra tem em relação à questão de gênero e constatar a efetividade dessas propostas nas atividades realizadas no assentamento. Questiona-se então, a participação do modelo patriarcal de gênero nas relações entre homens e mulheres dentro do assentamento do município de Tamarana. Serão utilizadas a pesquisa bibliográfica, documental e de campo.

Keywords: gênero, movimento dos trabalhadores rurais sem terra, patriarcado

Topics: Civil Society, Feminisms, Gender, Women, Men, Gender Roles, Gender Analysis, Gendered Discourses, Gendered Power Relations, Patriarchy, Gender Hierarchies, Gender Equality/Inequality, Rights, Land Rights, Property Rights, Women's Rights Regions: Americas, North America, South America Countries: Brazil

Year: 2011

© 2017 CONSORTIUM ON GENDER, SECURITY & HUMAN RIGHTSLEGAL STATEMENT All photographs used on this site, and any materials posted on it, are the property of their respective owners, and are used by permission. Photographs: The images used on the site may not be downloaded, used, or reproduced in any way without the permission of the owner of the image. Materials: Visitors to the site are welcome to peruse the materials posted for their own research or for educational purposes. These materials, whether the property of the Consortium or of another, may only be reproduced with the permission of the owner of the material. This website contains copyrighted materials. The Consortium believes that any use of copyrighted material on this site is both permissive and in accordance with the Fair Use doctrine of 17 U.S.C. § 107. If, however, you believe that your intellectual property rights have been violated, please contact the Consortium at info@genderandsecurity.org.